Última hora

Última hora

Irlanda pode vir a recorrer ao Fundo Europeu de Estabilização Financeira

Em leitura:

Irlanda pode vir a recorrer ao Fundo Europeu de Estabilização Financeira

Tamanho do texto Aa Aa

O primeiro-ministro irlandês deverá formalizar o pedido de ajuda da União Europeia e do Fundo Monetário Internacional para salvar o país.
 
Brian Cowen dá o passo apesar das reticências das últimas semanas devido ao receio das imposições dos diferentes organismos.
 
O chefe do governo segue assim os conselhos das instituições comunitárias e do ministro irlandês das Finanças, Brian Lenihan.
 
“Penso que é importante que este Estado continue a financiar-se de forma estável, que a continuidade económica seja preservada, que as necessidades de empréstimo que o Estado precisa para responder aos seus interesses não estejam em perigo, que o nosso sector da banca esteja estável”, disse o ministro com a pasta das Finanças numa entrevista à Radiotelevisão irlandesa.
 
O pedido formal para activar o Fundo Europeu de Estabilização Financeira (FEEF) deverá ser apresentado na segunda-feira, segundo avança a Bloomberg, acrescentando que os ministros das Finanças da União Europeia vão discutir ainda esta noite o pedido de ajuda da Irlanda.
 
O montante da ajuda não está claro. Os analistas avançam valores entre os 40 mil e os 120 mil milhões de euros, um número superior ao apoio financeiro atribuído à Grécia.