Última hora

Última hora

NATO e Rússia mais próximas

Em leitura:

NATO e Rússia mais próximas

Tamanho do texto Aa Aa

A NATO alcançou um acordo histórico com a Rússia, em Lisboa.

Os dois inimigos da Guerra Fria vão passar colaborar no sistema de defesa antimíssil.

Uma nova fase, que promete por termo ao clima de tensão entre os dois blocos, que se deteriorou desde que as forças russas invadiram em 2008 a Geórgia, um aliado da Aliança Atlântica.

“Os europeus e os representantes da NATO continuam a não poder prever onde é que este projecto os vai conduzir, como vai ser e quanto vai custar. Ao mesmo tempo, toda a gente concorda que a defesa antimíssil é interessante e útil apenas se for universal”, disse o presidente russo Dmitri Medvedev.

Durante a cimeira de Lisboa os membros da NATO concordaram com a instalação de um novo sistema de defesa antimíssil em território europeu, que consiste numa rede integrada de radares e interceptores móveis capazes de deter mísseis de médio e longo alcance.