Última hora

Última hora

Jornalista descreve ambiente na Coreia do Sul

Em leitura:

Jornalista descreve ambiente na Coreia do Sul

Tamanho do texto Aa Aa

A Euronews falou por telefone com a jornalista, Cecilia Heesok Paek, que se encontra na Coreia do Sul para tentar compreender qual é o ambiente que se vive em Seul depois do ataque de Pyongyang.

Euronews: Qual é o ambiente que se vive nas ruas sul-coreanas?

Paek: “As pessoas receberam a notícia com apreensão porque desta vez os civis foram o alvo do ataque. Os sul-coreanos não sabem se este incidente pode desencadear uma nova guerra entre as duas Coreias.

Euronews: Como vê este incidente?

Paek: “Desde logo, vejo este incidente como o mais grave dos últimos anos. Até aqui os ataques envolviam soldados dos dois países e, desta vez, há civis.”

Euronews: Na sua opinião qual é o objectivo da Coreia do Norte com este ataque?

Paek: “O que a Coreia do Norte está a tentar fazer é chamar a atenção internacional porque a crise nuclear está num ponto morto e, é preciso lembrar que, há dois dias foi revelada a existência de novas instalações capazes de enriquecer urânio.”

Euronews: Acredita que as duas Coreias podem entrar em guerra?

Paek: “Não creio que cheguem a um conflito bélico, mas neste momento a incerteza é o sentimento dominante.”