Última hora

Última hora

Alta cozinha no metropolitano de Paris

Em leitura:

Alta cozinha no metropolitano de Paris

Tamanho do texto Aa Aa

O metro de Paris tem por estes estes dias um odor diferente, pelo menos na estação de Miromesnil na intersecção das linhas 9 e 13.

Chefes da alta cozinha francesa meteram em prática todo o “savoir faire” para o comum dos mortais que utiliza uma das mais complexas redes de metropolitano do mundo e cozinham iguarias até quinta-feira.

As especialidades dão um gosto especial ao paladar dos utentes e também àqueles que passaram a ser os verdadeiros chefes de estação.

“É importante comer. E se como cozinheiros e profissionais podermos – entre aspas – saborear o momento e podermos deixar uma marca, melhor. Neste caso os passageiros comem umas lulas ao deixarem o metro. Acho muito engraçado”, referiu o chefe de três estrelas, Antoine Westermann.

O evento foi organizado pelo metropolitano. Depois do arroz de lulas, segue-se a pescada e pato.

Para quem gosta é decerto de deixar de água da boca. Quem não tem direito são os passageiros das restantes 299 estações.