Última hora

Última hora

Estudante ingleses contestam aumento das matrículas

Em leitura:

Estudante ingleses contestam aumento das matrículas

Tamanho do texto Aa Aa

Milhares de estudantes ingleses protestaram, esta quarta-feira, contra o aumento do preço das matrículas.

“Parem conservadores” – foi a palavra de ordem mais ouvida, nas ruas das principais cidades britânicas.

É a segunda manifestação, convocada pelos estudantes universitários.

Na primeira, a 10 de Novembro, houve incidentes com a polícia e cerca de 60 detenções

Hoje, a vigilância foi reforçada, o que não evitou recontros, entre os manifestantes e as forças de segurança.

Algumas centenas de estudantes tentaram aproximar-se da sede do Partido Conservador, em Londres, mas esbarraram num cordão policial.

Também na capital, os estudantes conseguiram imobilizar uma carrinha policial e, além de algumas inscrições, partiram o parabrisas.

Em Trafalfar Square e em Whithall, junto de diversos edifícios governamentais, havia também intensa vigilância policial.

Há notícia de pequenas cargas policiais, para manter os manifestantes à distância.

Os estudantes acusam também o lider liberal Nick Glegg de estar a falhar a promessa feita na campanha eleitoral, de não caucionar qualquer agravamentio de custos, no ensino superior.