Última hora

Última hora

Camboja veste-se de negro

Em leitura:

Camboja veste-se de negro

Tamanho do texto Aa Aa

Dia de luto nacional do Camboja.

Cidadãos anónimos e membros do Governo prestam, hoje, homenagem às vítimas da tragédia que marcou o final da Festa da Água.

O ministro dos Assuntos Sociais reviu, entretanto, em baixa o número de vítimas. O último balanço aponta para 350 mortos. Dezenas de pessoas continuam desaparecidas.

Tudo aconteceu numa ponte, de 80 metros, que faz a ligação da capital do Camboja a uma ilha, onde decorria a festividade.

As conclusões preliminares do inquérito atribuem o acidente a um ataque.

Na origem, um rumor de que a ponte, onde na altura se encontravam cerca de 8000 pessoas, não era estável.

Os hospitais tornaram-se pequenos para acolher os mais de 700 feridos. Muitos em estado grave.