Última hora

Última hora

Egípcios vão às urnas este domingo.

Em leitura:

Egípcios vão às urnas este domingo.

Tamanho do texto Aa Aa

Os egípcios votam, este domingo, para escolherem os 508 lugares da Assembleia do Povo, a mais importante câmara do Parlamento.

A oposição, maioritariamente islamita, acusa do poder de irregularidades.

E contesta a lei eleitoral que permite ao presidente, Hosni Mubarack, indicar, por escolha pessoal, 10 deputados.

As organizações de defesa dos Direitos Humanos dizem que está em preparação uma operação de manipulação:

“O governo está a preparar e a manipular os resultados como quer. Escolheu os candidatos do partido do poder e escolheu também os candidatos da oposição”.

O escrutínio terá uma segunda volta a 5 de Dezembro.

Todos os indicadores apontam para uma vitória do Partido Nacional Democrata, no poder há décadas.

Mas a campanha está também a ser marcada por rumores, sobre o estado de saúde do presidente, Hosni Mubarack, de 82 anos. Sucedeu a Anwar el Sadat, assasinado, há 29 anos.