Última hora

Última hora

Morte e destruição no Rio de Janeiro

Em leitura:

Morte e destruição no Rio de Janeiro

Tamanho do texto Aa Aa

O Rio de Janeiro está a ferro e fogo. Desde domingo a onda de violência excecional que assola a cidade já provocou pelo menos 22 mortos. Só esta quarta morreram 14 pessoas, incluindo uma criança.

Ao todo a polícia militar deteve 152 pessoas suspeitas de vandalismo, ataques e roubos indiscriminados no centro da cidade.

Desde terça-feira 28 viaturas foram incendiadas.

A pedido do governador Sérgio Cabral Filho, a Marinha vai dar apoio logístico à Polícia Militar.

Para o governador, a onda de ataques no estado é um “ato de desespero, de desarticulação dos criminosos que estão a perder território”.

O Rio de Janeiro organiza o Mundial de Futebol de 2014 e os Jogos Olímpicos de 2016.