Última hora

Última hora

Costa do Marfim vai a votos este domingo

Em leitura:

Costa do Marfim vai a votos este domingo

Tamanho do texto Aa Aa

Pela primeira vez em dez anos, a Costa do Marfim elege o presidente.

Os dois pretendentes ao cargo, que concorrem à segunda volta, este domingo, são o actual presidente Laurent Gbagbo e Alassane Ouattara.

A tensão no país é grande, já morreram duas pessoas, os candidatos acusam-se mutuamente pela escalada de violência e, num debate televisivo, pediram calma à população.

Na televisão, o ainda chefe de estado anunciou o recolher obrigatório para as 22 horas no dia das eleições, para evitar qualquer interferência na contagem dos votos.

Para o seu opositor esta situação é inaceitável, porque levanta suspeitas sobre o processo eleitoral e porque, afirma, quer celebrar a vitória nas ruas.

As eleições de domingo põem fim aos dez anos de poder do actual líder e são fruto de anos de negociações entre Gbagbo e os insurgentes que ainda ocupam a parte norte do país. O mandato presidencial terminou em 2005 mas as eleições foram, sucessivamente adiadas.

Para garantir a segurança, as Nações Unidas enviaram, há 4 semanas, 500 soldados adicionais que se juntaram aos quase 10 mil efectivos da força de paz na Costa do Marfim.