Última hora

Última hora

Expulsão de estrangeiros aprovada na Suíça

Em leitura:

Expulsão de estrangeiros aprovada na Suíça

Tamanho do texto Aa Aa

Na Suíça foi aprovada, em referendo, a expulsão de estrangeiros condenados pela justiça.

Uma sondagem à boca das urnas, com uma margem de erro que se situa entre os dois e os três por cento, diz que 53 por cento dos suíços votaram a favor e 47 contra.

Em causa está a expulsão de emigrantes que vivem na Suíça e tenha praticado crimes considerados graves, entre eles o assassinato, assalto à mão armada e tráfico de droga. Ficam impedidos de pisar solo helvético durante 5 a 15 anos ou 20 em caso de reincidência.

Uma proposta, que surge um ano depois dos suíços terem referendado e proibido a construção de minaretes e que foi apresentada pela União Democrática do Centro.

As restantes formações de centro-direita tinham apresentado uma contraproposta mais moderada na qual as expulsões respeitariam os convénios internacionais.

O partido ultranacionalista, responsável pelo texto agora aprovado, é conhecido pela propaganda onde se vê um rebanho a expulsar uma ovelha negra.