Última hora

Última hora

Costa do Marfim aguarda resultado eleitoral em clima de tensão

Em leitura:

Costa do Marfim aguarda resultado eleitoral em clima de tensão

Tamanho do texto Aa Aa

Os primeiros resultados da segunda volta da eleição presidencial na Costa do Marfim são esperados ainda esta segunda-feira.

O acto eleitoral decorreu este domingo em clima de grande tensão, marcado por duas mortes e incidentes em todo o país.

Os 5,7 milhões de eleitores tinham como missão escolher entre os dois homens que mais votos obtiveram na primeira volta a 31 de Outubro: o presidente cessante Laurent Gbagbo e o ex-primeiro-ministro, Alassane Ouattara.

O facto de o presidente ter decretado o recolher obrigatório na véspera da eleição foi apontado pelo opositor como um impedimento ao voto.

Por seu lado, o campo de Laurent Gbagbo acusa os apoiantes de Ouattara de acções de intimidação contra os seus eleitores na região norte do país.

O chefe da missão de observadores da União Europeia confirma, por seu turno, que em zonas do oeste e sul da Costa do Marfim houve barricadas e barreiras para impedir as pessoas de votar.