Última hora

Última hora

Ministros das Finanças da UE discutem questão irlandesa

Em leitura:

Ministros das Finanças da UE discutem questão irlandesa

Tamanho do texto Aa Aa

85 mil milhões de euros foi o valor da ajuda acordado à Irlanda, pela União Europeia e pelo Fundo Monetário Internacional.

Falta a adopção formal pelos ministros das Finanças europeus, que se encontram reunidos em Bruxelas não apenas para aprovar a ajuda à Irlanda mas para encontrar soluções para o futuro comunitário.

O representante alemão afirma que se está a trabalhar para descobrir uma solução que permita aos mercados financeiros ganhar confiança e estabilizar o euro.

Mais uma vez a Alemanha adianta-se e uma fonte anónima vai dizendo que a questão portuguesa está em cima da mesa.

Por seu lado, o ministro das finanças português, Teixeira dos Santos, não prestou declarações mas a homóloga espanhola, Elena Salgado, fez questão de sublinhar que este encontro é para debater a Irlanda e não Portugal ou Espanha.

Na Irlanda, a situação é catastrófica. Com um défice de 32 por cento, o país precisa de capital para, entre outras coisas, salvar os bancos.

Até 2014 o executivo quer reduzir o défice para três por cento.

Quem não está pelos ajustes são os irlandeses que este sábado saíram para as ruas de Dublin para protestar contra o pedido de ajuda à UE e ao FMI e mostrar descontentatemento face ao plano de austeridade apresentado pelo primeiro-ministro irlandês, Brian Cowen.