Última hora

Última hora

Polícia sueca confirma ordem de detenção de fundador da Wikileaks

Em leitura:

Polícia sueca confirma ordem de detenção de fundador da Wikileaks

Tamanho do texto Aa Aa

A polícia sueca confirma a ordem de detenção de Julian Assange, fundador da Wikileaks.

O problema técnico que esteve na origem do atraso do processo foi resolvido.

O activista australiano de 39 anos é suspeito de agressão sexual num caso que remonta a Agosto.

A justiça sueca recusou o recurso apresentado pelo advogado de Assange. O suspeito diz-se inocente.

Segundo a imprensa britânica, Assange encontra-se em Inglaterra e a polícia conhece a sua morada exacta.

Um porta-voz da Wikileaks declarou que o jornalista permanece escondido porque recebeu ameaças de morte.

Assange vive entre a Grã-Bretanha e a Suécia e é dos principais mentores do sítio WikiLeaks, uma página da internet especializada em revelar documentos secretos.

A Casa Branca admite que Assange poderá ter de prestar contas nos Estados Unidos por violação do segredo de estado e espionagem.