Última hora

Em leitura:

Costa do Marfim: exército fecha todas as fronteiras


Costa do Marfim

Costa do Marfim: exército fecha todas as fronteiras

O exército fechou todas as fronteiras da Costa do Marfim após o anúncio da vitória de Alassane Ouattara nas presidenciais.

Foi, também, suspensa a difusão de canais de rádio e televisão estrangeiros, os primeiros a anunciar a derrota do presidente cessante, Laurent Gbagbo.

De acordo com a comissão eleitoral, Ouattara venceu com 54,1 por cento dos votos. Mas Gbagbo não está prestes a deixar a cadeira do poder, apoiado pelo Conselho Constitucional que invalidou os resultados.

Ouattara considera-se o legítimo vencedor e promete formar “um governo unido, que reúna todas as competências das diferentes forças políticas e da sociedade civil”.

Apesar de estar em vigor o recolher obrigatório até domingo, oito pessoas morreram na noite de quarta-feira no ataque a uma sede local do partido de Outtara, em Abidjan, a capital económica do país.

Oito mil capacetes azuis tentam manter a segurança, num país em que a tensão é cada vez maior.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

Artigo seguinte

mundo

Europa refém do mau tempo