Última hora

Última hora

Fogo mortal continua a lavrar em Israel

Em leitura:

Fogo mortal continua a lavrar em Israel

Tamanho do texto Aa Aa

O pior incêndio da história de Israel continua a lavrar no norte do país. O fogo matou pelo menos 40 pessoas e obrigou à evacuação de mais de 15 mil residentes da região de Haifa. A maioria dos mortos encontrava-se num autocarro que foi apanhado pelas chamas. Os ocupantes eram guardas prisionais que se deslocavam a uma prisão para proceder à evacuação dos prisioneiros. O incêndio destruiu uma quinta colectiva onde viviam 400 pessoas mas não fez vítimas neste local.

As chamas que lavram no Monte Carmelo já consumiram mais de 2.800 hectares.

A meio da noite os bombeiros chegaram a admitir que tinham perdido o controlo do incêndio. Entretanto já começara a chegar a Israel os meios aéreos prometidos pelos países vizinhos, entre os quais a Turquia apesar da crise diplomática entre Ancara e Telavive.

Israel vive o mês de Novembro mais quente e seco das últimas seis décadas. De acordo com a imprensa local o fogo terá começado numa lixeira ilegal.