Última hora

Última hora

Fraudes massivas no Egipto

Em leitura:

Fraudes massivas no Egipto

Tamanho do texto Aa Aa

Fraudes massivas foram detectadas nas eleições legislativas do Egipto.

A denúncia foi feita por observadores independentes.

A segunda volta deste domingo deixou o país mais perto de um regime de partido único.

Os resultados oficiais ainda não são conhecidos, mas a ausência de adversários garante a vitória do partido do presidente, Hosni Mubarack.

“Acreditamos que a quantidade e o tipo de irregularidades cometidas nestas eleições parlamentares corrompem por completo o processo eleitoral” refere o Presidente da Associação para o desenvolvimento da participação social, Magdy Abdel Hamid.

Uma opinião partilhada pelos dois principais partidos da oposição que acusam o PND de ter, por exemplo, intimidado eleitores.

“Este Parlamento está mal desde o início porque o Tribunal Administrativo tomou muitas decisões para anular as eleições em cerca de metade das circunscrições” afirma Mohamed Morsy da Irmandade Muçulmana.

Este partido que em 2005 tinha um quinto dos deputados no Parlamento, não elegeu nenhum na primeira volta. Enquanto, a formação liberal conquistou, apenas, dois deputados.

Com as legislativas deste domingo, a oposição parlamentar praticamente desaparece, abrindo, caminho, a um controlo absoluto do partido do poder.