Última hora

Última hora

China prepara oferta sobre o clima para Cancun

Em leitura:

China prepara oferta sobre o clima para Cancun

Tamanho do texto Aa Aa

Sempre que se debate a questão dos gases com efeito estufa a China aparece como o grande poluidor. Com o forte crescimento económico, as emissões da China de CO2 aumentaram 9% em 2009.

Em 2005, ano de referência, a China produziu 5,2 mil milhões de toneladas de CO2. Segundo a Academia Chinesa de Ciências, em 2020 esta quantia vai, praticamente, duplicar.

A China é essencial para assinar qualquer acordo sobre o clima. Em Copenhaga, no ano passado, defendeu o prolongamento do protocolo de Quioto, assinado em 1997.Mas Quioto apenas cobre 30% das emissões com efeito estufa, dos quais a China e os Estados Unidos estavam excluídos.

Na capital dinamarquesa, os dois principais poluidores conseguiram que as resoluções não fossem vinculativas. A China recusou qualquer controlo sobre as suas emissões por um organismo internacional, mas oferece agora uma redução da “intensidade de carbono”.

A proposta é reduzir entre 40 e 45% a quantidade de CO2 emitida por cada dólar do crescimento económico. Isto até 2020 mas em relação às emissões de 2005.

Não travar o crescimento na China quer dizer continuar a produzir energia a partir do carvão, que fornece 70% da electricidade consumida no país.

Mas também está a investir para reduzir a dependência desta fonte poluente.

Um esforço para as energias renováveis da parte dos chineses que foi reconhecido pelo director executivo do Greenpeace Internacional, Kumi Naidoo:

“Os chineses deram importantes passos que foram reconhecidos. Por exemplo, uma nova turbina eólica começa a funcionar a cada hora que passa na China. Nos primeiros quatro meses de 2010, a China excedeu todos os países do mundo em termos de investimento na energia renovável”.

A oferta de Pequim a Cancum, de aceitar resoluções vinculativas às emissões em troca do prolongamento do Protocolo de Quioto, torna a postura da China mais responsável na problemática do clima.

E ao mesmo tempo passa a batata quente aos outros grandes poluidores.