Última hora

Última hora

O assalto dos irmãos Dalton em Paris

Em leitura:

O assalto dos irmãos Dalton em Paris

Tamanho do texto Aa Aa

São os irmãos Dalton dos tempos modernos. Esta terça-feira, passaram por Paris não para assaltar um banco, mas para transferir dinheiro de uma instituição financeira para outra.

Uma iniciativa para despertar a consciência colectiva em tempos de crise. Por um dia, estes clientes lembraram aos bancos que mandam no dinheiro e pediram maior responsabilidade.

Coincidência ou não, a mensagem foi transmitida no mesmo dia da chamada “revolução contra os bancos” liderada pelo ex futebolista francês, Eric Cantona. O antigo internacional pediu para que a sete de Dezembro todos retirassem o dinheiro dos bancos.

Um francês considera que a iniciativa é uma “provocação”, mas defende que “Cantona está no seu direito.” Adianta, que ter ouvido falar de ligações do antigo jogador ao sistema e, por isso, diz que “isto é um exagero.”

Um outro defende “que é uma boa ideia porque faz com que as coisas andem para a frente. E apesar dos riscos leva as pessoas a reflectir, e isso é positivo.”

Desconhece-se para já a adesão à iniciativa que arrancou em França e se estendeu a vários países europeus, entre eles Portugal.

O sector bancário desvaloriza a acção e garante que não teve qualquer impacto.