Última hora

Última hora

Talin e Turku: As capitais europeias da Cultura 2011

Em leitura:

Talin e Turku: As capitais europeias da Cultura 2011

Tamanho do texto Aa Aa

A criatividade e o sentido artístico pouco habitual estão à solta em Talin, na Estónia, e Turku, na Finlândia, as duas capitais europeias da Cultura 2011. A qualidade da programação cultural já foi premiada e os europeus têm boas razões para visitarem as duas cidades.

Os estonianos e finlandeses esperam que este ano sirva para reforçar os laços culturais com o resto da Europa e a abertura de novas oportunidades quer para os artistas quer para o turismo.

Liisi Eesmaa, estilista estoniana, espera que “dentro de alguns anos, Talin possa ser como Berlim, ou mesmo tornar-se na nova Berlim”. Explica que têm uma cultura verdadeiramente única e o facto de serem uma pequena nação não significa que tenham pequenas ideias. “Pensamos grande e somos vivazes e corajosos nas nossas actividades”, garante.

Prova da criatividade, na cerimónia de lançamento do evento na noite de São Silvestre, os estonianos conseguiram deslocar a Torre Eiffel, o Coliseu de Roma ou as Portas de Brandeburgo até Talin. Mas só de forma virtual. Os defensores do património podem estar sossegados.