Última hora

Última hora

Sudão: afluência em massa no segundo dia do referendo de secessão

Em leitura:

Sudão: afluência em massa no segundo dia do referendo de secessão

Tamanho do texto Aa Aa

À semelhança deste domingo, as assembleias de voto no Sul do Sudão voltaram a ter hoje uma afluência maciça, no segundo dia de um referendo que poderá traduzir-se na divisão do maior país de África.

A consulta popular dura sete dias, mas os responsáveis políticos do Sul apelaram a uma forte participação desde o início do escrutínio. Pelo menos 60 por cento dos quatro milhões de eleitores inscritos devem votar, para que o referendo sobre a independência seja considerado válido.

Maioritariamente pacíficos, os primeiros dias do escrutínio ficam ainda assim marcados por confrontos tribais na região disputada de Abyei.

Nos Estados Unidos, um grupo de sudaneses refugiados em Filadélfia cumpriu de autocarro a viagem até uma das oito assembleias de voto preparadas em território norte-americano para receber os boletins de 9 mil inscritos.

Milhares de sudaneses do Sul que fugiram da guerra para outros países veem o referendo sobre a secessão como uma hipótese de regressarem a casa.