Última hora

Última hora

Confrontos fazem cinco mortos em Abidjan

Em leitura:

Confrontos fazem cinco mortos em Abidjan

Tamanho do texto Aa Aa

A violência pós eleitoral fez hoje mais cinco vítimas mortais em confrontos entre partidários e opositores a Laurent Gbagbo em Abidjan.

O partido do presidente cessante rejeitou qualquer solução à crise política que implique a renúncia ao poder.

A vitória de Laurent Gbagbo, eleito e proclamado oficialmente presidente “não é negociável” é a resposta dos apoiantes do presidente cessante.

Internamente, a população está dividida e reflete a antiga cisão criada pela Guerra Civil de 2002.

O poder instalado conta com o apoio do sul do país, enquanto Ouattara tem sua base no Norte.

A nível internacional a ampla maioria da comunidade dos países apoia tomada de posse de Ouattara.

De acordo com a ONU, mais de duas centenas de pessoas morreram desde o início da crise política a após as eleições de 28 de novembro.

Mais de 20 mil marfinenses fugiram do país temendo uma nova guerra civil e cerca de 12 mil procuram refúgio nas igrejas da região.

Diferenças étnicas também acirram os ânimos face ao caos e à insegurança que pouco a pouco toma conta do país, o governo central não conseguiu ainda recuperar o controlo completo do Norte.