Última hora

Última hora

Sudão: referendo sobre independência com votos suficientes para ser válido

Em leitura:

Sudão: referendo sobre independência com votos suficientes para ser válido

Tamanho do texto Aa Aa

O referendo sobre a independência em curso no Sul do Sudão ultrapassou a participação mínima necessária para validar o escrutínio.

Segundo o governo semi-autónomo da região, 60 por cento dos eleitores inscritos já votaram. Uma porta-voz da comissão eleitoral disse que “é mesmo possível [que esse valor] tenha sido ultrapassado”.

Um residente de Juba, capital do Sul do Sudão, diz que “é um tempo crucial para abrir bem os olhos, defender os direitos e obter a independência, para depois desfrutar da liberdade do território”.

O maior país de África estará assim mais perto da secessão, resultado “inevitável” do referendo segundo muitos analistas e mesmo responsáveis do governo sudanês em Cartum.

No Sul, têm-se multiplicado as manifestações para frisar a identidade cristã daquele que já é visto como um novo Estado.

A comunidade muçulmana – aqui minoritária, contrariamente ao Norte do país – parece apoiar a divisão, embora tema pela liberdade religiosa, como explica o correspondente da euronews, Mohamed Elhamy:

“Entre o desejo de separação e o medo da marginalização, os muçulmanos estão confusos entre dois caminhos, ambos difíceis.”