Última hora

Última hora

Brasil: vítimas das cheias isoladas em zonas remotas

Em leitura:

Brasil: vítimas das cheias isoladas em zonas remotas

Tamanho do texto Aa Aa

O número de vítimas das inundações na zona serrana do Rio de Janeiro continua a aumentar. Mais de 540 corpos foram retirados dos escombros de centenas de casas em Nova Friburgo, Teresópolis, Petrópolis e Sumidouro.

Em algumas regiões, as autoridades foram obrigadas a sepultar os cadáveres em valas comuns, sem serem identificados, para evitar o surgimento de epidemias.

Em Teresópolis, as chuvas torrenciais não pouparam mesmo os cemitérios. Seis foram totalmente destruídos.

Mais de 13500 pessoas ficaram sem casa. Face às previsões de mais chuva durante o fim de semana as autoridades aconselharam os habitantes a abandonar as suas habitações a título preventivo.

As operações de resgate prosseguem, dificultadas pela destruição de pontes e acessos às zonas mais remotas da região.

Em Sumidouro, 300 famílias encontram-se totalmente isoladas e os corpos das vítimas das cheias só poderão começar a ser removidos por helicóptero este sábado.