Última hora

Última hora

Trabalhadores da Mirafiori aprovam plano da FIAT

Em leitura:

Trabalhadores da Mirafiori aprovam plano da FIAT

Tamanho do texto Aa Aa

A maioria dos funcionários da histórica fábrica de Mirafiori da Fiat em Turim, aprovou um acordo que endurece as condições de trabalho, do qual dependia a sobrevivência do complexo.

Num referendo, 54% dos trabalhadores votantes aprovaram o plano que limita greves e absentismo em troca de um maior investimento da construtora em Itália.

Um dos grandes sindicatos do setor está satisfeito. “Foi importante abrirmos caminho para o plano industrial e agora o presidente executivo tem que confirmar rapidamente este plano, pois ele ameaça demitir-se”, referiu Bruno Vitali, da FIM.

Mas outro sindicato, com grande peso a nível nacional, opõe-se ao plano da empresa. “Se eu fosse o presidente, pensaria muito bem neste voto. Os trabalhadores da linha de montagem disseram claramente não porque são eles quem vão suportar o plano”, diz Giorgio Airaudo da FIOM-CGIL.

Com o “sim” dos trabalhadores, a companhia está agora obrigada a investir mil milhões de euros na construção de uma unidade de produção de Alfa Romeos e Chrysler em Mirafiori, conforme foi prometido.