Última hora

Última hora

5 milhões de brasileiros vivem em zonas de risco de derrocadas

Em leitura:

5 milhões de brasileiros vivem em zonas de risco de derrocadas

Tamanho do texto Aa Aa

O governo brasileiro calcula que cinco milhões de pessoas vivem em cerca de 500 zonas de risco de deslizamento de terras em todo o país.

Áreas onde poderá repetir-se a tragédia que se abateu na semana passada sobre a região do Rio de Janeiro.

Enquanto as autoridades regionais anunciam a demolição de dezenas de casas construídas em locais de elevado risco de novas derrocadas, Brasília quer avançar com um sistema de alerta para prevenir a população de catástrofes iminentes.

O balanço provisório dos deslizamentos de terras provocados pelas chuvas torrenciais é de cerca de 660 mortos.

Apesar de alguns resgates milagrosos, as autoridades temem que o número de vítimas mortais continue a aumentar, à medida que exército e equipas de resgate retiram corpos entre a lama e os escombros.

As autoridades não dispõem de um número oficial de desaparecidos, apesar do jornal Folha de São Paulo ter feito referência a 120 pessoas.