Última hora

Última hora

Portugal: protesto contra cortes salariais termina em confrontos

Em leitura:

Portugal: protesto contra cortes salariais termina em confrontos

Tamanho do texto Aa Aa

A manifestação desta terça-feira contra os cortes salariais decididos pelo governo português degenerou em confrontos com a polícia.

O protesto decorreu em frente à residência oficial do primeiro-ministro José Sócrates, integrado na ação nacional de luta convocada para a segunda quinzena de Fevereiro.

Os confrontos terão ocorrido quando as autoridades tentaram barrar o caminho aos manifestantes na Calçada da Estrela.

A polícia deteve dois sindicalistas, que foram libertados ao fim do dia. Os representantes do Sindicato dos Trabalhadores da Administração Local e da Federação Nacional de Professores em questão deverão apresentar-se hoje a tribunal.

Segundo a PSP, o primeiro é indiciado pelo crime de desobediência e o segundo por agressão a um agente da autoridade.