Última hora

Última hora

Berlusconi desmente relação com prostituta menor num discurso à nação

Em leitura:

Berlusconi desmente relação com prostituta menor num discurso à nação

Tamanho do texto Aa Aa

O primeiro-ministro italiano afirma-se vítima de uma “perseguição política”.

Silvio Berlusconi não hesitou em fazer, ontem, um discurso à nação para desmentir as acusações de que teria recorrido aos serviços de uma prostituta menor.

Um novo escândalo que poderá levar o primeiro-ministro à barra dos tribunais, depois da justiça ter considerado que a imunidade de que beneficia à inconstitucional.

No discurso televisivo, Berlusconi afirmou-se pronto a enfrentar os tribunais com “provas concretas contra ele”, mas, “frente a juízes imparciais e não com magistrados responsáveis por uma cabala contra ele”.

O processo aberto pelo tribunal de Milão é o enésimo levado a cabo pelos magistrados contra o chefe de governo. Mas desta vez, Berlusconi conta com uma maioria reduzida no parlamento e uma opinião pública cada vez mais descontente.

“Honestamente, penso que não é um comportamento digno de um primeiro-ministro, ele tem de demitir-se”.

“É o fim da carreira de Berlusconi, estamos cansados destes escândalos”.

As relações de Berlusconi com a jovem prostituta Ruby foram condenadas pela primeira vez pelo Vaticano que, num comunicado, afirma querer manter as distâncias com o chefe de governo.