Última hora

Última hora

Chicago: causa tibetana segue Hu Jintao

Em leitura:

Chicago: causa tibetana segue Hu Jintao

Tamanho do texto Aa Aa

Indiferentes ao frio, centenas de opositores chineses e tibetanos manifestaram-se em Chicago contra a intransigência de Pequim.

“Liberdade para o Tibete” e “Hu Jintao assassino” foram algumas das palavras mais ouvidas na primeira visita de Hu Jintao ao estado norte-americano.

Um manifestante refere que Hu Jintao está na mira dos protestos porque, foi ele quem em 1989 impôs a lei marcial no Tibete, altura em foram mortas e torturadas centenas de pessoas.

Esta quinta-feira, Hu Jintao admitiu que a China tem ainda muito a fazer no que toca aos direitos humanos. Declarações censuradas na imprensa chinesa.

Mas há também quem tenha optado por dar um toque de humor à visita de Hu Jintao.

Um vídeo made in Taiwan, retrata o líder Chinês e Barack Obama mais descontraídos que nunca.