Última hora

Última hora

Mega roubo obriga ao encerramento da bolsa europeia de carbono

Em leitura:

Mega roubo obriga ao encerramento da bolsa europeia de carbono

Tamanho do texto Aa Aa

É o primeiro roubo de carbono da história. Piratas informáticos roubaram e venderam milhares de toneladas de emissões poluentes do mercado europeu de carbono. No total terão sido atacados os registos de 14 países. A primeira estimativa aponta para o roubo de meio milhão de toneladas de carbono, no valor de sete milhões de euros, mas Bruxelas fala já de 200 milhões de euros.

A bolsa, criada em 2005 para negociar quotas de emissões poluentes entre empresas europeias, foi encerrada na quarta-feira e vai manter-se fechada até estarem resolvidos os problemas de segurança. A Comissão Europeia, através da porta-voz Maria Kokkonen, exige que os Estados membros reforcem a segurança dos registos, pelos quais são responsáveis.

A bolsa europeia de carbono já tinha sido alvo de fraudes e reciclagem de títulos, mas este escândalo é o pior e surge numa má altura. Estados Unidos, Japão e Austrália analisam a eficácia da bolsa para, eventualmente, criarem mecanismos semelhantes.