Última hora

Última hora

Portugal: terminou a caça ao voto

Em leitura:

Portugal: terminou a caça ao voto

Tamanho do texto Aa Aa

Contagem decrescente para as eleições presidenciais em Portugal. No último comício da campanha, esta sexta-feira, em Lisboa, Cavaco Silva insistiu no tema da crise económica.

“Falei dos caminhos do futuro que Portugal deve trilhar para vencer o flagelo do desemprego que nos atinge e a dívida externa excessiva que nos consome”, relembrou.

Ainda que as sondagens publicadas esta sexta-feira apontem para a reeleição de Cavaco Silva já este domingo, Manuel Alegre alertou que seria uma ameaça para Portugal a não realização de uma segunda volta das presidenciais. No último dia da campanha, no Porto, Alegre voltou a sublinhar a independência da sua candidatura.

“Sou um homem livre, um homem independente que está aqui pelas suas convicções, pelas suas ideias e tenho uma visão do que é a função presidencial que não deve ser refém dos apoios partidários”, disse.