Última hora

Última hora

Tunísia: "Caravana da Libertação" desafia recolher obrigatório

Em leitura:

Tunísia: "Caravana da Libertação" desafia recolher obrigatório

Tamanho do texto Aa Aa

Centenas de tunisinos desafiaram esta noite o recolher obrigatório na capital, acampando em frente à residência oficial do primeiro-ministro para exigir a demissão do governo.

Durante todo o dia de ontem, milhares de pessoas manifestaram-se contra o executivo de transição, que inclui membros do antigo regime em vários postos-chave.

Um jovem diz que “este lugar passou a ser chamado a ‘Casa do Povo’, já não é a Praça da Casbah, mas sim a casa da Revolução”.

Outro manifestante explica que fez “280 quilómetros para chegar a Tunes e protestar contra os traidores e ladrões”.

Grande parte dos manifestantes integravam uma autodenominada “Caravana da Libertação”, composta por jovens vindos das zonas pobres e rurais do centro do país, berço da “Revolução de Jasmim” que pôs fim ao regime do presidente Zine El Abidine Ben Ali, no passado dia 14.