Última hora

Última hora

Filme finlandês vence Festival Internacional de Cinema de Comédia

Em leitura:

Filme finlandês vence Festival Internacional de Cinema de Comédia

Tamanho do texto Aa Aa

A conhecida estação de esqui de Alpe d’Huez em França foi palco da décima quarta edição do Festival Internacional do Cinema de Comédia.

A arte de fazer rir é um negócio rentável.

Em França, o género está em alta. No ano passado, venderam-se duzentos milhões de bilhetes – algo inédito desde o final dos anos 60.

Em competição estiveram sete longas-metragens e nove curtas-metragens.

O público pôde ainda ver dezenas de outras obras, incluindo uma retrospetiva de comédias norte-americanas.

O presidente do júri considera que a comédia é antes de mais…cinema.

“Se é um filme que nos faz rir e passar um bom momento mais não é muito criativo ou o universo do filme não é muito original não é bem isso que procuro pessoalmente. Procuro um filme que explora as coisas, introduz-nos universos, trajetórias de personagens. É cinema”, considerou o realizador francês Jan Kounen.

“Une pure affaire” de Alexandre Coffre ganhou o Prémio Especial do Júri.

O filme conta as peripécias de um homem que atravessa um mau momento profissional e que encontra um saco de cocaína e um telemóvel que não para de receber chamadas de clientes.

O Grande Prémio do Festival de Alpe d’Huez foi atribuído a uma comédia finlandesa. “Heróis do Círculo Polar Ártico” de Dome Karukosk.

“Foi uma escolha fácil, feita por unanimidade. É um filme que nos permite fazer descobertas, tem muito humor mas não apenas humor convencional mas uma verdadeira sensibilidade com momentos incríveis e cenas mágicas”, considerou ator e membro do júri François-Xavier Demaison.

Janne é um jovem despreocupado que não faz nada o dia todo. A namorada faz-lhe um ultimato: ou ele encontra um descodificador para a televisão antes do amanhecer ou ela deixa-o.

O filme não tem estreia prevista em Portugal.