Última hora

Última hora

Líbano: Hariri apela à calma dos manifestantes

Em leitura:

Líbano: Hariri apela à calma dos manifestantes

Tamanho do texto Aa Aa

Em Tripoli uma carrinha da televisão Al-Jazira foi atacada e incendiada. Um membro da equipa ficou ferido.

Nesta importante cidade do norte do Líbano,

maioritariamente sunita, milhares de simpatizantes de Saad Hariri juntaram-se na praça principal protestando contra a nomeação de Najib Mikati para o cargo de primeiro-ministro. Mikati conta com o apoio do movimento xiita, Hezbollah.

Hariri apelou à calma: “Hoje, Tripoli e o norte do Líbano fizeram-se ouvir, mas há pessoas que querem denegrir a vossa mensagem. Sejam prudentes e não cometam erros que eu sempre vos disse para evitar. O nosso projeto não consiste na tomada do poder”, aconselhou o primeiro-ministro cessante.

Najib Mikati, um sunita ex-aliado de Saad Hariri, obteve o apoio da maioria dos deputados, incluindo os do Hezbollah. Os sunitas veem nesse apoio um “golpe de estado” do movimento xiita.

O exército foi destacado para várias regiões do país.