Última hora

Última hora

"Novas realidades" discutidas em Davos

Em leitura:

"Novas realidades" discutidas em Davos

Tamanho do texto Aa Aa

A crise nos países da Zona Euro é um dos principais temas do Fórum Económico Mundial, que volta a reunir-se, este ano, no clima gelado da estância suíça de Davos.

O fórum de Davos conta com cerca de 30 chefes de Estado e Governo e com os principais atores da finança mundial.

Sarkozy e Merkel devem ter uma reunião sobre a situação na Zona Euro. O fórum vai também ser palco de um encontro entre o primeiro-ministro grego e o líder do Banco Central Europeu.

O fundador do fórum, Klaus Schwab, realça a participação das economias emergentes: “Pensemos na emergência da China e da Índia, que estão aqui representadas como nunca antes estiveram. Ou ainda as consequências dos media sociais, a forma como eles influenciam várias áreas, incluindo a política. Tudo isso são temas desta nova realidade”.

A China está representada em Davos através do ministro do Comércio. Já os Estados Unidos enviam o secretário do Tesouro, Tim Geithner, que chega sexta-feira. Mas o discurso de abertura cabe, esta quarta-feira, ao presidente russo Dmitri Medvedev, que se viu obrigado a alterar a agenda, devido ao atentado terrorista em Moscovo.