Última hora

Última hora

Primeiro-ministro libanês com maioria parlamentar 

Em leitura:

Primeiro-ministro libanês com maioria parlamentar 

Tamanho do texto Aa Aa

Najib Mikati conseguiu o apoio de uma maioria parlamentar, mas a sua indigitação está a provocar  controvérsia.
  
Num parlamento de 128 deputados, 65 votaram a favor de Mikati, para suubstituir o também sunita Saad Hariri, derrubado a 12 de Janeiro. Foram aliados, mas as águas agora seperaram-se. Agora, Mikati propõe-se fazer a undiade:
  
“Confio que o resultado das votações parlamentares não é uma vitória de uma fação sobre outra, ou de um partido sobre o outro. É uma vitória da unidade, uma vitória da moderação, contra o extremismo, uma vitória da unidade sobre a fragmentação, da reconciliação sobre a separação. O lema da administração responsável é: determinação e tolerância”
 
 
Najib Mikati é um milionário, de 55 anos, que já chefiou o governo do Líbano que tem boas relações coma Síria.
 
E aqui começa a contestação. Os outros partidos sunitas dizem que o Hezbollah o apoiou, para boicotar a acusação do Tribunal da Onu, sobre o assassínio do antigo primeiro-ministro,  Rafic Haririri.
 
E as manifestações sucedem-se, um pouco por todo o país.