Última hora

Última hora

Oposição promete criar "parlamento popular" no domingo

Em leitura:

Oposição promete criar "parlamento popular" no domingo

Tamanho do texto Aa Aa

O partido no poder, no Egito, reuniu-se esta quinta-feira, no Cairo. É a primeira reunião do Partido Nacional Democrático desde o início das manifestações contra Hosni Mubarak. No entanto, o partido não propôs quaisquer concessões aos manifestantes.

“Temos de respeitar a lei e permitir que as pessoas exprimam livremente as suas opiniões. As pessoas podem expressar os seus desejos e nós estamos aqui para lhes satisfazer as necessidades”, disse Safwat el-Sherif. O secretário-geral do PND desmentiu também notícias sobre a eventual fuga de responsáveis do governo.

A euronews contactou, por telefone, o líder da oposição Ayman Nour, que estima que está na hora da mudança. “O governo faz a mesma coisa há 30 anos e nós não vamos esperar ainda mais 30. Não queremos Safwat El-sherif, nem os que lhe são próximos. Temos de ter os nossos direitos e vamos lutar por eles”, garantiu o líder do el-Ghad, na oposição.

O partido el-Ghad promete, para domingo, a criação de um “parlamento popular”, que reúna todos os partidos da oposição. Segundo o el-Ghad, será “uma alternativa às fraudes das últimas eleições parlamentares, senatoriais e presidenciais.”