Última hora

Última hora

Tunísia: Contestação ao governo de Ghannouchi não abranda

Em leitura:

Tunísia: Contestação ao governo de Ghannouchi não abranda

Tamanho do texto Aa Aa

Na Tunísia, continuam as manifestações.

Enquanto o anúncio de uma remodelação ministerial é aguardado para hoje, segundo a televisâo tunisina, Kamel Morjane, o ministro das Relações Externas, demitiu-se.

Manifestantes exigindo a demissão de ministros ligados ao regime de Ben Ali, enfrentaram as forças da ordem.

“Queremos que os seguidores de Ben Ali se vão embora. Queremos caras novas e o fim da ditadura”, exige um jovem.

Segundo fontes da agência Reuters a remodelação do governo passará pela substituição dos ministros do Interior, da Defesa, e claro, das Relações Externas, que fizeram parte do governo do presidente deposto.

Em Tunis, há vários dias que pessoas vindas do interior do país acampam em frente à sede do governo, dizendo que só sairão dali quando o executivo deixar de integrar figuras ligadas ao antigo regime, incluindo o primeiro ministro-interino Mohamed Ghannouchi.