Última hora

Última hora

Centenas de manifestantes desfilam em Manchester e Londres

Em leitura:

Centenas de manifestantes desfilam em Manchester e Londres

Tamanho do texto Aa Aa

O aumento das propinas, os cortes no ensino superior e as medidas de austeridade no Reino Unido levaram, este sábado, para a rua centenas manifestantes em Londres e em Manchester.

O protesto não é novo, mas conta pela primeira vez com o apoio dos sindicatos.

Chiara Reid, Euronews: “A lei foi aprovada e as universidades podem pedir aos estudantes para pagarem mais a partir de 2012. Mas estes universitários continuam a acreditar que as manifestações podem alterar o rumo dos acontecimentos.”

O diploma aprovado no Parlamento, em dezembro, prevê um aumento das propinas entre os 3.200 e os 6.600 euros.

“O diploma pode ter sido aprovado, mas os protestos nas ruas podem mudar as coisas.

São as pessoas que escolhem os governos e que chamam os políticos à razão” afirma um sindicalista.

“Estou aqui porque estou revoltada com aquilo que o governo está a fazer. Estão a cortar em todos os serviços do setor público. Estão a brincar com o Serviço Nacional de Saúde e a cortar em tudo, até mesmo nos trabalhadores” refere uma desempregada.

Um professor defende que “ o governo adotou a política do ataque à classe trabalhadora deste país.

Estão a tentar fazer aquilo que Thatcher não conseguiu fazer, que é privatizar os serviços do setor público.”

Para se fazerem ouvir, os manifestantes prometem mais protestos, greves e, até mesmo, desobediência civil nas próximas semanas.