Última hora

Última hora

Mubarak muda governo mas não convence egípcios

Em leitura:

Mubarak muda governo mas não convence egípcios

Tamanho do texto Aa Aa

O discurso de Mubarak não acalma os ânimos e a manifestações continuam em todo o Egito.

As ruas do Cairo voltam a encher-se de manifestantes, uma vaga de revolta que terá resultado em pelo menos 25 mortes no Cairo, Suez e Alexandria.

Presidente egípcio anuncia demissão do Governo numa tentativa de conter a revolta, mas não abandona o poder. O novo executivo deverá ser apresentado esta tarde com promessas de reformas profundas do sistema social e económico do país para combater o desemprego e a pobreza.

Mas nas ruas a calma tarda em chegar e o que se ouve são tiros e palavras de ordem exortam à demissão de Hosni Mubarak o mais velho ditador do mundo árabe que ocupa o poder desde 1981.

Neste sábado que pode ser decisivo para a revolução egípcia após um discurso pouco convincente do presidente, os militares patrulham a ruas.

O serviço de telecomunicações cortado pelo governo logo no início dos protestos foi esta manhã reposto mas continuação de Mubarak no poder não tranquiliza os que reclamam mudanças.