Última hora

Última hora

Egito: manifestantes mais determinados que nunca

Em leitura:

Egito: manifestantes mais determinados que nunca

Tamanho do texto Aa Aa

Na Praça da Liberdade são muitos os que prometem não arredar pé. O jornalista egípcio, Mohamed El Dahshan, falou com a euronews, a partir do Cairo, e garante que os manifestantes estão mais determinados que nunca:

“Parece que as pessoas estão decididas a ficar.

É isso, que vemos em vários cartazes e, foi isso, que me disseram a mim: que não vão a lado algum até que Mubarak abandone o poder. Nos cartazes pode-se ler-se: “não saímos antes dele.”

As pessoas esperam que algo aconteça nos próximos dias. Não há outra forma de acabar com os protestos.

Algumas pessoas começam a apertar as mãos e a dar os parabéns, outras garantem que isto é apenas o começo. É, exatamente, isso que se sente. As pessoas são muito animadas mas, ao mesmo tempo, sabem que os apelos ao fim do regime e à saída de Mubarak mais não são que o início da reconstrução do Egito ao qual todos pertencem.

Há, sem dúvida, um misto de sentimentos, mas as pessoas sabem que há ainda um longo caminho a percorrer. O Egito nunca mais será o mesmo depois destes protestos” afirma El Dahshan.