Última hora

Última hora

Egito: regime tenta silenciar os mortos da revolta

Em leitura:

Egito: regime tenta silenciar os mortos da revolta

Tamanho do texto Aa Aa

O número de mortos da revolta no Egito já supera mais de 190 vítimas, num momento em que as autoridades falam de pouco mais de 25.

Em Alexandria, centenas de pessoas participaram no funeral de um membro do movimento da oposição da irmandade muçulmana.

Noor Ali Noor tinha sido baleado pela polícia quando participava numa manifestação no passado sábado.

Nos últimos dias a polícia desertou as ruas, substituída pelo exército e por milícias de habitantes, depois de ter sido acusada de vários episódios de violência contra civis.

Dezenas de pessoas terão morrido no Cairo no sábado, visadas por franco-atiradores da polícia, durante os protestos em frente ao ministério do Interior egípcio. Há notícia também de dezenas de mortos nos protestos ocorridos durante o fim de semana na cidade de Suez.