Última hora

Última hora

Primeiro-ministro turco defende "desejo de mudança no Egito"

Em leitura:

Primeiro-ministro turco defende "desejo de mudança no Egito"

Tamanho do texto Aa Aa

As declarações do primeiro-ministro turco de apoio à revolta no Egito mostram que Osni Mubarak se encontra cada vez mais isolado no plano internacional.

Durante um discurso frente aos membros do partido do governo, Recep Tayyip Erdogan pediu ao líder egípcio que, “ouça os gritos da população e que sem hesitação, satisfaça o desejo de mudança expresso pelo povo”.

“Não dê ouvidos aos que evocam cenários negros para o Egito, tome medidas para garantir a paz, a segurança e a estabilidade, tome medidas para satisfazer as exigências da população”.

Erdogan expressou ainda a sua solidariedade com os egípcios e tunisinos, afirmando que a solução para os respectivos problemas políticos passa pela convocação de eleições”.

O chefe de governo muçulmano moderado, tinha discutido no sábado a situação no Egito, ao telefone, com Barack Obama. Os dois líderes tinham evocado a vaga de protestos que assola vários países do Médio Oriente e do Norte de África.