Última hora

Última hora

Egito: Obama avisa Mubarak

Em leitura:

Egito: Obama avisa Mubarak

Tamanho do texto Aa Aa

Barack Obama disse a Hosni Mubarak que a transição tem de começar imediatamente.

Durante 30 minutos, o presidente norte-americano falou ao telefone com o seu homólogo egípcio, sobre a anunciada decisão de este abandonar o poder em setembro e não se recandidatar.

“O que é evidente, também a minha convicção, e que transmiti ao presidente Mubarak, é que uma transição ordeira, deve ser séria, pacífica, e começar agora”, sublinhou Obama.

Nos cafés e restaurantes de Nova Iorque, os egípcios da diáspora não terão a mesma opinião, mas existe um denominador comum: a saída imediata de Mubarak.

“Nos últimos 10 ou 15 anos ninguém falou senão ele. Não houve eleições livres, nem ninguém para falar, senão ele”, protestou um emigrante.

“Acho que Mubarak devia sair de uma forma decente que levasse à chegada de um novo presidente, porque, ele foi um grande presidente”, assinalou, um outro.

Em Little Egypt, entre cachimbadas e longe de casa, os egípcios em terras do tio Sam também esperam a queda de Mubarak.