Última hora

Última hora

Hosni Mubarak quer comandar a transição política

Em leitura:

Hosni Mubarak quer comandar a transição política

Tamanho do texto Aa Aa

Hosni Mubarak fez uma declaração ao país através da televisão pública onde acusou as forças da oposição de oportunismo politico e garantiu que vai morrer no seu pais, afastando a possibilidade de fuga.

O presidente egípcio anunciou que não se vai candidatar às proximas eleições presidenciais de Setembro, mas vai permanecer até lá, para assegurar a transição do poder.

“A minha primeira responsabilidade hoje é reencontrar a segurança e a estabilidade do país para garantir uma transição pacífica do poder, em condições que protejam o Egipto e o seu povo e permitam confiar a responsabilidade àquele que for escolhido pelo povo nas próximas eleições presidenciais.

Com toda a honestidade e sem ter em conta a situação atual, digo-vos: nunca tive intenção de me candidatar a um novo mandato presidencial. Passei a maior parte da minha vida ao serviço do Egipto e do seu povo. Mas hoje dou por concluída a minha missão ao serviço do país de forma a passar o testemunho de um Egipto digno, seguro e estável”, disse.