Última hora

Última hora

O presidente do Iémen confrontado ao "dominó tunisino"

Em leitura:

O presidente do Iémen confrontado ao "dominó tunisino"

Tamanho do texto Aa Aa

As concessões do presidente do Iémen não chegam para a oposição, que convocou uma nova marcha de protesto, em Sanaa, esta quinta-feira.

Ali Abdallah Saleh, no poder há mais de 30 anos, tinha renunciado publicamente à revisão constitucional que lhe permitiria prolongar o mandato para lá de 2013.

Face aos protestos populares das últimas semanas, o chefe de Estado garantiu que não vai passar o testemunho ao filho, tendo anunciado também um aumento dos salários da função pública.

Saleh anunciou também que vai atrasar para Abril as eleições parlamentares, para dar mais tempo à oposição para preparar as suas candidaturas.

Medidas consideradas positivas pela oposição que, no entanto, não desconvocou uma nova manifestação marcada para quinta-feira na praça Tahir da capital.