Última hora

Última hora

Condenado por terrorismo por atacar desenhador das caricaturas de Maomé

Em leitura:

Condenado por terrorismo por atacar desenhador das caricaturas de Maomé

Tamanho do texto Aa Aa

A justiça dinamarquesa prepara-se para aplicar uma pena dura ao homem que tentou assassinar um símbolo da liberdade de imprensa no país.

O tribunal de Copenhaga condenou um indivíduo de origem somali por terrorismo e tentativa de assassínio do desenhador Kurt Westergaard, autor das caricaturas de Maomé que inflamaram os protestos no mundo árabe em 2006.

Os juízes reconheceram a culpa do atacante que irrompeu pela casa do desenhador, armado com um machado, em Janeiro do ano passado. Westergaard conseguiu escapar-se ao atacante e chamar a polícia.

A sentença só deverá ser conhecida amanhã, mas o jovem atacante incorre numa pena de prisão perpétua.

O jurado considerou como um ato de terrorismo a ação contra um homem considerado desde a polémica de 2006 como o símbolo da liberdade de imprensa no país.

Desde a publicação das caricaturas que Westergaard era alvo de ameaças de morte, vivendo sob proteção policial permanente.