Última hora

Última hora

Um médico na praça Tahrir

Em leitura:

Um médico na praça Tahrir

Tamanho do texto Aa Aa

A praça Tahrir, na capital egípcia, é palco de violentos confrontos entre defensores e opositores do regime de Mubarak.

Um médico, o dr. Ibad al Rahman, conta à Euronews, o que viu:

“Estou na praça Tahrir. Vejo centenas de feridos e alguns deles estão em estado grave.

Muitos foram atingidos na cabeça, e um num olho.

Todos foram vítimas de ataques dos pró-Mubarak feitos com facas e espadas.

Enquanto estive na praça vi entre 300 e 400 feridos. Posso dizer que os pró-Mubarak foram muito violentos com os manifestantes.

A praça Tahrir transformou-se num grande hospital de campanha com muitos feridos deitados no chão. Os médicos tentam prestar-lhes os primeiros cuidados. Muito do equipamento não está esterilizado, mas todos, incluindo eu, fazem o máximo para ajudar os manifestantes feridos”.