Última hora

Em leitura:

Nove anos de cadeia para somali que tentou assassinar cartoonista


Dinamarca

Nove anos de cadeia para somali que tentou assassinar cartoonista

O tribunal de Aarhus condenou a nove anos de cadeia seguidos de expulsão o somali que tentou assassinar o autor de um cartoon polémico sobre o profeta Maomé. Determinou ainda que Mohamed Geele não poderá jamais regressar à Dinamarca.

Geele, de 29 anos, entrou na casa do cartoonista Kurt Westergaard com uma faca e um machado, no primeiro dia de 2010. O dinamarquês conseguiu refugiar-se na casa de banho. O agressor acabou por ser atingido pela polícia.