Última hora

Última hora

Egito: proposta política tenta agradar a "gregos e troianos"

Em leitura:

Egito: proposta política tenta agradar a "gregos e troianos"

Tamanho do texto Aa Aa

Indiferente à pressão popular, Hosni Mubarak reuniu-se, este sábado, com o novo executivo.

A proposta de substituição do presidente por um governo interino, liderado por Omar Suleiman, ganha força já que prevê, ao mesmo tempo, que Mubarak possa levar o actual mandato até ao fim.

Satisfazer as duas partes é o grande objetivo. Mas a proposta depara-se com um obstáculo constitucional como nos conta o correspondente da Euronews, no Cairo, Mohamed Elhamy:

“O Conselho dos Sábios vai falar com o vice-presidente sobre a, eventual, passagem de poder de Hosni Mubarak para Omar Suleiman. Mas há um entrave constitucional. O artigo 82 da Constituição não permite que chefe de Estado outorgue ao vice-presidente prerrogativas como a dissolução do Parlamento, nem que realize grandes reformas. Além disso, a proposta não é aceite por unanimidade pela oposição, o que aumenta a probabilidade da crise se arrastar no tempo.”