Última hora

Última hora

Manifestações anti-Mubarak alastram pelo mundo

Em leitura:

Manifestações anti-Mubarak alastram pelo mundo

Tamanho do texto Aa Aa

“Liberdade para o Egito!” Um slogan que se escreve e que se grita também no estrangeiro. Como por exemplo, em Nova Iorque, onde centenas de manifestantes exigem a demissão de Hosni Mubarak. “Estou tão triste, tão triste… Há muita gente que conheço que morreu na Praça Tahrir. Estou tão triste que vim aqui, dizer a Mubarak que pare, que já chega. Não precisamos de mais sangue. Por favor, vai-te embora”, exige uma manifestante.

Esta é a terceira manifestação anti-Mubarak organizada em menos de uma semana, em Nova Iorque.

Em Paris, foi a ONG Repórteres Sem Fronteiras que organizou uma manifestação em frente à embaixada do Egito.

Os manifestantes protestam contra a onda de violência que atinge os jornalistas no Cairo. Esta sexta-feira, um jornalista, baleado há quatro dias enquanto filmava, faleceu.

Os protestos anti-Mubarak alastram-se também à Turquia. Esta sexta-feira, após o serviço religioso, os turcos saíram às ruas de Istambul. Exigem, também eles, a demissão de Mubarak.